Sugestões de usuários baseia nova versão do SolidWorks

A versão SolidWorks 2012 reúne 200 novidades, a maioria delas (90%) propostas por usuários. Uma das principais fontes das mudanças são feitas no evento mundial em que os usuários elencam uma lista das 10 principais mudanças. Os técnicos de pesquisa e desenvolvimento também estão muito atentos as sugestões colocadas nos fóruns de comunidades de usuários. Os eventos regionais, organizados pelas revendas também são fonte de informações para aperfeiçoamento, nem sempre como mudança global, mas muitas vezes como solução específica para uma região ou empresa.

O novo pacote inclui uma ferramenta capaz de calcular os custos de produção e determinar orçamentos. A base de dados deve ser criada pelo usuário e as próximas operações de orçamento  estarão automatizados. “Esta ferramenta é muito útil para avaliar questões como terceirizar parte da produção ou não”, explica o gerente técnico da empresa no Brasil, Timóteo Müller. A ferramenta indica, por exemplo, o quanto um furo a mais na peça pode encarecer o produto final considerando também o método utilizado. Os cálculos estão disponíveis para fresamento e furação, mas não abrangem operações de torneamento.


Na área de chapas metálicas os projetos possuem uma maior precisão das arestas e flanges. Os projetos podem ser planificados e documentados automaticamente pela fabricação, com exportação para máquinas CNC e equipamentos de manufatura. A otimização de movimentos é outra mudança importante. A partir dela é possível simular os movimentos de uma nova máquina. Nessa tarefa são analisados elementos como tamanho do motor, capacidade de carga e percurso.

A nova versão também amplia a colaboração e a conectividade entre equipes através do SolidWorks EPDM. Este aplicativo armazena uma base de dados que permite o compartilhamento entre outros engenheiros e fornecedores. Desta forma é possível saber quais foram as últimas atualizações feitas no produtos, saber se determinada parte está em sua última versão e compartilhar em arquivo não editável, mas que permite inserção de comentários e visualização em dispositivos móveis.<!–more–

O CEO da empresa no Brasil, Oscar Siqueira, ressaltou as mudanças na empresa que cada vez mais assume o papel de prestador deserviços, com o desenvolvimento de soluções para clientes do que um vendedor de softwares CAD/CAM. Siqueira mostrou o crescimento das receitas com os outros produtos da SolidWorks que alcançam hoje 20%. O faturamento da empresa no primeiro semestre de 2011 foi de US$ 236 milhões e a expectativa do CEO é que ultrapasse os US$ 417,8 milhões do ano passado.

Os grandes responsáveis pelo total 1,6 milhão de usuários do SolidWorks está na comunidade estudantil que alcançou a parcela de 1,2 mi. Isso explica o grande número de parcerias com as universidades em todos os Estados para a execução de projetos dentro das faculdades de engenharia. “Nosso investimento na área educacional é muito grande, porque o retorno é imenso”, Oscar. 

Fonte:http://www.cimm.com.br/portal/noticia/exibir_noticia/8464-sugestes-de-usurios-baseia-nova-verso-do-solidworks

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: